CryptoParty


Porto Alegre - 24 de Janeiro de 2014

A CryptoParty é uma ação global e descentralizada que objetiva difundir os conceitos fundamentais e softwares básicos de criptografia como Open PGP e OTR. A primeira CryptoParty Brasil acontecerá dia 30/11/2013 em São Paulo e terá diversas atividades como palestras, tutoriais, install fest e discussões sobre o tema. Traga seu computador e dispositivos móveis e participe desta festa!

Aprenda

“O mundo não está se deslocando gradualmente, está  galopando em direção a uma nova distopia transnacional. E esse movimento não é percebido de maneira adequada fora dos círculos envolvidos com segurança nacional. É encoberto pelo segredo, por sua complexidade e por sua escala. A internet, nossa maior ferramente de emancipação, se transformou no maior e jamais visto instrumento de totalitarismo. A internet é uma ameaça à civilização humana. Essas mudanças aconteceram em silêncio porque aqueles que sabem o que está ocorrendo trabalham na indústria global de vigilância e não têm incentivo para falar. Se correr solta, essa trajetória levará a civilização global a se transformar, em alguns anos, em uma distopia pós-moderna da qual será impossível para todos, menos alguns indivíduos muito especializados, escapar. Na real, talvez já estejamos neste ponto.”

Julian Assange, Cypherpunks: Freedom and the Future of the Internet

“As pessoas precisam se dar conta de uma coisa relacionada à criptografia: nenhum grau de violência dá conta de resolver um problema matemático.”

Jacob Appelbaum, Cypherpunks: Freedom and the Future of the Internet

Programação

Espaço Crypto

Espaço Party

 

Horário Oficina
13h30 às 14h Porque usar cryptografia: a importância da criptopolítica. Sergio Amadeu, Gus e Alex Nunes
14h às 15h Oficina A como instalar Tor Chat e OTR – Felipe Cabral
14h às 18h Oficina B como gerar e armazenar chaves criptográficas – Gus
14h às 17h Oficina C Instalação de um sistema operacional mais seguro (Linux Debian)
15h às 17h Oficina D como utilizar o sistema operacional tails e enviar mensagens encriptadas do pen drive – Alex Nunes
15h às 18h Oficina E aprenda a instalar o TOR e navegue anonimamente – Alexsandro
18h às 19h Encontro para a assinatura de chaves criptográficas #CriptoParty

Obs: As oficinas ocorrerão simultaneamente nas bancadas da sala C2.

Local

Quando?

Sexta, 24 de Janeiro de 2014, das 13:00 às 19:00

Onde?

Casa de Cultura Mario – http://www.ccmq.com.br/
 
Endereço:  Rua dos Andradas, n° 736 – Centro Histórico, Porto Alegre – RS – CEP: 90020-003
 
mapa_poa

FAQ

É necessário algum conhecimento prévio para participar do evento? O evento é fechado para algum público específico?

Não! A CryptoParty é um evento aberto para todas as pessoas interessadas (de todas as áreas e profissões) em começarem a se engajar na discussão sobre segurança e a utilizar criptografia. O espírito do dia é de um ambiente solidário onde há pessoas querendo aprender e pessoas dispostas a ensinar.

E se eu quiser participar do Install Fest, o que devo fazer?

Primeiro, para evitar acesso e cópia dos seus dados por parte de terceiros, não teremos HD externo ou pendrives disponíveis para fazer a cópia de segurança de arquivos. Portanto, você precisará fazer uma cópia de seus dados (backup) em casa. Isso poupará tempo no processo de preparação da instalação. Segundo, pediremos para que no dia você assine um termo de autorização para a instalação de seu computador.

Durante a instalação os dados existentes anteriormente  meu computador serão completamente apagados? Será impossível recuperá-los?

Não, o processo de apagar os dados de forma segura (definitiva) leva muitas horas (dependendo do método e do tamanho do disco rígido) o que tornaria o Install Fest inviável. Desta forma, pularemos essa etapa na instalação com as pessoas que conscientemente concordarem com essa opção. Se você possui dados sensíveis que necessitam ser apagados de forma segura, recomendamos que assista o processo de instalação e depois refaça em casa sem pular essa etapa.

Qual distribuição GNU/Linux será instalada?

Instalaremos o Sistema Operacional livre Debian e também o TAILS num pendrive ou HD externo.

E se eu tiver dúvidas/problemas depois para mexer no Linux?

Apesar dos Sistemas Operacionais GNU/Linux serem muito mais amigáveis hoje em dia do que antigamente, é muito comum os/as usuários/as sentirem algumas dificuldades e se adaptarem com as mudanças de um sistema operacional para outro. Para auxiliar os/as novos/as usuários/as, o Debian possui uma comunidade de suporte e também documentação do sistema. É possível tirar dúvidas e pedir ajuda através da lista de email Debian Brasil. Há também outras maneiras de suporte como o Guia Foca Linux.

É necessário pagar para participar da CryptoParty?

Não, a CryptoParty é um evento gratuito. Todas as palestras e oficinas são gratuitas. Camisetas, livros e demais produtos serão vendidos no evento

Posso tirar foto, filmar, gravar e publicar na minha revista/no meu blog/na internet?

Apesar de ser um evento aberto, alguns/mas participantes não querem ser fotografados/as e filmados/as. Para evitar problemas e discussões, antes de fotografar, filmar ou gravar, peça a autorização à pessoa.

Devo informar a minha senha (do email, Facebook, computador, etc) por algum motivo para alguém?

Não, em hipótese alguma forneça as suas senhas para as pessoas do evento! Mesmo aquelas que estarão colaborando no Install Fest.

Existe página oficial no Facebook?

Não, não temos página ou evento no Facebook da CryptoParty Brasil. A organização do evento utiliza a comunidade CryptoParty na rede social Saravea. Ela é pública, segura e aberta.

Posso divulgar a CryptoParty no meu Facebook/revista/twitter/site?

Sim! Queremos atingir o público em geral e a CryptoParty não é um evento secreto, mas um evento público e aberto.

Por que na programação não há oficina/palestra sobre <determinado tema>?

Gostaríamos de discutir diversos temas, no entanto, a comunidade de segurança no Brasil é relativamente pequena e, além disso, há uma limitação de tempo e do tamanho do espaço para ocorrer atividades simultâneas. Portanto, pode não ter aparecido nessa edição da CryptoParty, mas quem sabe na próxima? ;-)

Posso organizar uma CryptoParty na minha cidade?

Sim! Nossos materiais estão todos disponíveis em copyleft. Talvez podemos colaborar de alguma forma. Pergunte na comunidade.

Além de Porto Alegre, há outras CryptoParties no Brasil?

Sim, no dia 9 de novembro ocorreu a CryptoParty em Salvador. Em 30 de Novembro ocorreu a CryptoParty São Paulo. E muitas outras virão…

Há alguma chance de vocês fazerem uma CryptoParty particular com meu coletivo/organização/movimento?

Sim, mas dependerá da nossa agenda. Pergunte a disponibilidade na nossa comunidade.

Notei que não há nenhuma mulher palestrante. Por qual razão?

Há um claro desequilíbrio na participação entre homens e mulheres em eventos de tecnologia. Esse cenário é ainda pior na comunidade de segurança no Brasil e no mundo. Infelizmente ainda não encontramos nenhuma mulher disposta a participar das mesas ou oficinas da CryptoParty. No entanto, se você é mulher e discute sobre segurança, entre em contato com a organização do evento. Também haverá um espaço nas desconferências para discutir sobre mulheres e tecnologia.

Gostei da proposta. Como posso ajudar?

Há uma série de tarefas que precisamos de ajuda. Desde a organização do espaço até na tradução. Verifique na comunidade as tarefas pendentes. E também ajude a divulgar a CryptoParty nas redes sociais. Se os seus amigos e contatos não usarem criptografia, você não poderá se comunicar de forma segura com eles.

Então depois de ter participado do Install Fest da CryptoParty estarei seguro?

Não, a segurança não é um programa que você instala e voilà, de forma geral a segurança é um processo de conscientização sobre as decisões e as escolhas que tomamos e fazemos no nosso dia a dia. Há programas e ferramentas que auxiliam na segurança, mas que se usadas incorretamente são inúteis e criam uma ilusão de segurança. É necessário saber para que servem esses programas e em quais circunstâncias podem ser úteis. Numa dimensão geral, queremos conscientizar as pessoas a criarem uma cultura de segurança que as oriente de que forma pensar e agir diante de determinadas circunstâncias.

Vocês falarão de programas que posso usar no Windows/iOS/Mac OS X/outro sistema operacional?

Nós usamos software livre. Embora haja versões dos programas que serão apresentados para outros sistemas operacionais, a efetividade da segurança pretendida é condicionada pelo sistema operacional que você está utilizando.

Por que a CryptoParty não convidou <fulano/fulana>?

A CryptoParty São Paulo convidou muitas pessoas da área para participarem das mesas, mas como estamos no final do ano, muitas delas não puderam participar por estarem com a agenda ocupada no dia.

Já tenho uma chave PGP. Como faço para distribuir na CryptoParty?

Faça um pequeno cartão de papel com a impressão digital da sua chave e o ID, nome e e-mail na chave. Ou traga anotado para imprimir no evento. Teremos uma impressora disponível para esse fim. A troca de chave pública PGP será feita no final do dia e escolheremos um método junto com os participantes, pois apesar de termos alguns pré-selecionados, o método escolhido dependerá da quantidade de pessoas.

A CryptoParty oferecerá almoço/refeição durante o evento? Sou vegetariano/vegan, aonde há restaurantes por perto?

Não, nós não temos recursos e espaço para oferecer alimentação para os participantes. Cada participante deve cuidar da sua própria alimentação. Há um horário estabelecido na programação para os participantes saírem para o almoço.

 

CryptoParty: criptografia para as massas!

Evento discute e ensina criptografia para usuários não experientes

A primeira edição da CryptoParty no Brasil ocorreu em Salvador em novembro de 2013. Logo em seguida veio a CryptoParty São Paulo, que com um dia todo de programação, reuniu mais de 300 participantes. A próxima edição será em Porto Alegre, dia 24 de Janeiro, junto com outros importantes eventos sociais ocorridos anualmente como o Fórum Social Temático  e o Fórum de Mídia Livre.

A CryptoParty (ou CriptoFesta) é um evento gratuito e aberto ao público para aprender como usar ferramentas básicas de criptografia para dar maior segurança à sua comunicação. O objetivo dos organizadores é incentivar a criação e disseminação de uma cultura de defesa da privacidade entre as pessoas que utilizam a Internet.

Os participantes poderão, em um formato (meio) descontraído, assistir palestras sobre segurança da informação e privacidade, discutir o tema e também conhecer as ferramentas de proteção contra a vigilância praticada por empresas e governos.

A cada nova revelação do WikiLeaks e de Edward Snowden ficamos apavorados e preocupados com a ameaça do controle e da vigilância. Então é necessário não só lutar politicamente contra novas leis e práticas de vigilância, mas também torná-la tecnicamente impossível. “O universo acredita na criptografia”, escreveu Julian Assange, fundador do Wikileaks, da embaixada do Equador em Londres, uma vez que “é mais fácil criptografar informações do que descriptografá-las”[1]. Se a política falhar (e não estamos num momento muito otimista), a criptografia poderá ser a nossa última esperança contra o domínio das grandes empresas e governos.

A CryptoParty é uma iniciativa global[2] e descentralizada para apresentar softwares de criptografia e explicar seus conceitos para o público em geral. Portanto, não é necessário conhecimento prévio sobre o assunto para participar. A CryptoParty São Paulo está sendo organizada, desde o início de outubro, pela Actantes, entidade de defesa da privacidade e liberdade na rede [3], pelo Grupo de Trabalho “Segurança e Privacidade” da rede social livre Saravea[4] e por colaboradores individuais.

A programação do dia começará às 13h e terminará às 19h e contará com a realização de oficinas (tutoriais), mesas de debate e desconferências (palestras relâmpago). O anonimato da rede Tor[5], chave pública de criptografia (GPG)[6] e OTR (Off The Record)[7] são algumas das ferramentas a serem apresentadas e discutidas durante a festa.

No final da tarde, às 17h, o criptógrafo e professor da UNB, Pedro Rezende fará uma palestra mostrando os riscos da biometria para as sociedades democráticas. Falará também da urna eletrônica brasileira, desmistificando o discurso de segurança impecável e mostrando seus pontos obscuros e falhas.

Além disso, durante o dia inteiro teremos um Install Fest (festival de instalação) do sistema operacional GNU/Linux Debian[8]. A CryptoParty adota o software livre como marco zero na discussão de segurança. Nós não confiamos em softwares proprietários, isto é, em programas que não nós permitem observar, auditar, modificar e compartilhar o código fonte[9].

A programação completa pode ser vista no site[10] ou através do hidden service do Tor[11]. Pedimos para todos os participantes que leiam antes a seção “dúvidas e perguntas mais frequentes”(FAQ) da CryptoParty[12].

[1] Julian Assange, Cypherpunks: Liberdade e o Futuro da Internet
[2] cryptoparty.in
[3] actantes.org.br / actantes.inf.br
[4] saravea.net/g/seguranca e saravea.net/g/cryptoparty – necessitamos de colaboração em diversos subgrupos de trabalho!
[5] torproject.org
[6] GPG – https://pt.wikipedia.org/wiki/GNU_Privacy_Guard
[7] OTR – https://en.wikipedia.org/wiki/Off-the-Record_Messaging
[8] Debian – http://debian.org/
[9] Essas são basicamente as 4 liberdades definidas no Projeto GNU que
definem um software livre
[10] https://cryptoparty.inf.br/#programacao
[11] http://7rpom2smywmsynlu.onion
[12] https://cryptoparty.inf.br/#faq

SITE OFICIAL: https://cryptoparty.inf.br

EMAIL: contato@cryptoparty.inf.br

:: CryptoParty Brasil – Edição São Paulo 2013 ::

LOCAL: Rua Minas Gerais, 181 – Consolação – São Paulo/SP – Próximo ao metro Paulista e Consolação.

HORÁRIO: 9h30 às 19h

:: CryptoParty Brasil – Edição Porto Alegre – RS 2014 ::

LOCAL: Rua dos Andradas, n° 736 – Centro Histórico, Porto Alegre – RS – CEP: 90020-003

HORÁRIO: 13h às 19h

fotos

Fotos – Edição São Paulo 2013

Contato

Thank you! I have received your message.

nome

email

mensagem